Colunistas


Personalidades - EXMO Sr. Catulino Pereira da Rosa

1º Prefeito de Dom Feliciano
04/01/2020 Luciana Terezinha Novinski
Luciana Terezinha Novinski
Luciana Terezinha Novinski

Anterior Próximo

Nesta coluna estaremos falando de um cidadão que nasceu em Dom Feliciano e que muito fez para evolução e o crescimento  de nossa cidade, sendo o primeiro Prefeito de Dom Feliciano e depois mais duas vezes eleito prefeito de nosso município, EXMO. SR. CATULINO PEREIRA DA ROSA. Político militante, nasceu em 15 de julho de 1913, em Dom Feliciano. Filho de Manoel  Antônio da Rosa e Fausta Pereira da Rosa, casou-se com Talita Farias. Estudou na Sede na Escola Professor Francisco Valdomiro Lorenz. Mesmo jovem, dedicou-se a organizar turmas de homens para trabalhar nas plantações de arroz em outras regiões. E dedicou-se junto com sua esposa , ao comércio, trabalhando por mais de 40 anos no mesmo, ajudando os mais necessitados quando precisavam. Exmo. Sr. Catulino pertenceu ao partidos políticos PTB, MDB E PMDB. Quando Dom Feliciano ainda era distrito de Encruzilhada do Sul exerceu o cargo de subprefeito e subdelegado de Polícia, e foi candidato a vice prefeito de Encruzilhada do Sul. Desempenhou a função de Presidente da última Comissão Emancipacionista. Foi eleito primeiro Prefeito de Dom Feliciano em 29 de Março de 1964, sendo seu vice Sr. Alfredo Kuczynski. O segundo mandato iniciou em 31 de Janeiro de 1973 sendo seu vice o Sr. Leão Lempek. E o Terceiro mandato foi em 01 de Fevereiro de 1983, sendo o vice o Sr. Zigmundo Podel Galski. Em sua primeira gestão enfrentou muitas dificuldades para instalação e organização do novo município, pois os recursos assegurados pelo governo do Estado em favor da Prefeitura eram escassos. Por ser época da Revolução de 1964, isso dificultou ainda mais o seu trabalho. Mas mesmo assim por ser dedicado e ter experiência  conseguiu com que o novo município desse os primeiros passos. Para iniciar os trabalhos burocráticos conseguiu vários equipamentos de escritório e os primeiros móveis indispensáveis para o funcionamento regular da mesma. Enfrentou grandes dificuldades com relação a situação das estradas nos primeiros quatro anos por falta de equipamentos rodoviários adequados, eles foram sendo adquiridos aos poucos e assim iniciaram-se os serviços de abertura, alargamento e conservação de estradas. A administração dispensou uma atenção especial ao setor de ensino. Em 1965 foi criado o Serviço de Orientação e Coordenação do Ensino Fundamental. A Prefeitura destinou a  importância de Dois Mil e Quinhentos Cruzeiros Novos como auxílio para a construção da Escola Cenecista Cristo Redentor (Atual Escola M. E. F. Catulino Pereira da Rosa) . No início da emancipação o município contava com 19 escolas, e logo já se tinham 42 escolas espalhadas por todo município, sendo construídas em convenio com o Governo Estadual. Outra preocupação do Prefeito era com a aquisição da Eletrificação Urbana, que depois de muitas tentativas com órgãos competentes, a energia foi instalada pela Empresa Brasileira de Engenharia SA, mas apenas por 5 horas diárias no princípio. Com o tempo a Companhia foi expandindo a energia em toda cidade e por 24 horas diárias. Como a Prefeitura funcionava em prédio alugado, o Exmo. Sr. Catulino resolveu que construiria um prédio próprio, e assim o fez, sendo inaugurado em 1968, o prédio atual da Prefeitura, que completou 50 anos em 2018. Foi o Prefeito que em 1984 inaugurou a Cruz do Imigrante no mirante da cidade pelo aniversário do município. Quero  lembrar que por ter sido tão importante temos uma Escola que leva seu nome Escola M.E. F.CATULINO PEREIRA DA ROSA e no Museu Municipal existe um vasto acervo de sua vida pessoal e profissional, não deixe de visitar e uma  Rua.  E eu Luciana tive o prazer de conhecê-lo e conviver com ele, pois carregava leite para o mesmo quando criança, tanto ele como D. Talita a esposa dele que me chamavam de Lú, a menina do leite,  eram muito queridos, toda semana me presenteavam com um pacote de balas mocinho, que eu adorava, lembro como se fosse hoje, os antigos contam que era um Prefeito bastante enérgico, mas muito honesto e trabalhador. Fica nossa homenagem póstuma a este homem humilde que com muito trabalho iniciou a história politico administrativa de nosso município, gratidão sempre. Até nossa próxima coluna!



MAIS DO COLUNISTA

FACEBOOK

NEWSLETTER

Informe seu e-mail e fique por dentro das nossas novidades!

PREVISÃO TEMPO

HORÓSCOPO

COTAÇÃO AGRÍCOLA

INSTAGRAM

PODCASTS