Colunistas


Soldados Turcos — Uma tradição Polonesa que ainda preservamos em Dom Feliciano

Essa tradição existe há muitos anos, desde 1960
25/06/2021 Luciana Terezinha Novinski – Pablo Barnet
Luciana Terezinha Novinski
Luciana Terezinha Novinski

Anterior Próximo

Na sexta-feira santa de cada ano, entra em cena uma tradição polonesa muito especial, a TRADIÇÃO DOS SOLDADOS TURCOS,  o atual comandante é o Senhor Iujo Almeida, a tradição existe há muitos anos, desde 1960, porém alguns anos a tradição parou e só retornou em 1991 nos 100 Anos de Colonização e Imigração Polonesa, aí permanecendo depois desta data até os dias de hoje. São um grupo de  homens que tem a tarefa de vigiar o Túmulo de Jesus, atualmente os soldados são: Pablo Barnet, Roberto Kowalski, Paulo Cássio Rosiak, Helio Siemionko, Lucas Strykalski, Matheus Tyska, Maurício Nievinski e Erecles Miritz. Na Sexta-feira Santa os Soldados Turcos saem junto em procissão acompanhando Jesus, quando retorna a procissão do Cristo Morto a Igreja, quando Cristo é colocado no túmulo o comandante chega com dois dos seus soldados , neste tempo existem algumas formalidades entre eles, a cada dez minutos o comandante volta dando ordem aos soldados para um movimento, posteriormente dez minutos ocorre a troca dos soldados sob a ordem do comandante, ou seja, os dois soldados ficam dez minutos, após  estes sob comando podem dar mais um passo e ficar mais dez minutos, totalizando cada vinte minutos no total cada dupla. Após este tempo, vem outra dupla que fica no mesmo lugar, enquanto estes descansam, voltando posteriormente. Assim ocorre na noite de sexta-feira, no sábado durante todo dia e no domingo de manhã antes do início da missa. Nesta hora o comandante chega a Igreja acompanhado de demais soldados, já que dois já estão vigiando o túmulo. E então as luzes se ascendem, e surge de branco em meio a uma fumaça JESUS CRISTO, onde o comandante grita em polonês “Chrystus Zmartwychwstaje” (Cristo Ressuscitou) e os soldados ficam de joelhos e repetem a mesma frase: “Chrystus Zmartwychwstaje”(Cristo Ressuscitou), após este momento os soldados saem correndo em direção a rua batendo as lanças e se inicia a procissão pelas ruas da cidade e após a mesma se dá início a missa. E é importante lembrar que todas as ordens dadas pelo comandante aos soldados são dadas em polonês. “Uwaga, we front” ( Atenção para frente), “Uwaga, krok w tył” (Atenção para traz), “Uwaga, na prawo” (Atenção para direita), “Uwaga, na lewo” ( Atenção para esquerda), Uwaga, marz”(Atenção marchar), Uwaga, Bogu ukłon (Atenção uma reverência a Deus).Mas antes de encerrarmos a coluna gostaríamos de fazer um agradecimento especial a D. Geni Hugo que no ano de 2020 doou roupas novas aos Soldados, pois a anos usavam as mesmas roupas,  mas devido a Pandemia foram usados só agora. E fica aqui nosso agradecimento a todos que são SOLDADOS TURCOS atualmente e aqueles que um dia foram soldados, pois sabemos o quanto é cansativa esta função, mas com certeza Deus recompensará a cada um que se esforça para manter viva esta tradição.

MAIS DO COLUNISTA

FACEBOOK

NEWSLETTER

Informe seu e-mail e fique por dentro das nossas novidades!

PREVISÃO TEMPO

HORÓSCOPO

COTAÇÃO AGRÍCOLA

INSTAGRAM

PODCASTS