Saúde e Bem Estar


Novos focos de Aedes aegypti são registrados em Camaquã

Com novas confirmações, cidade chegou a 23 focos do Aedes aegypti em sete bairros diferentes;
05/05/2022 Fonte: Por Elias Bielaski - Clic Camaquã / Foto: Fiocruz Imagens

Alerta é contra o Aedes aegypti é o mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya.

 Nesta semana, a Vigilância em Saúde encontrou novos focos do mosquito Aedes aegypti em Camaquã. Os focos do mosquito transmissor da dengue e da febre amarela já estão presentes em sete bairros diferentes da cidade.

Até o momento, foram registrados 23 focos do Aedes aegypti no município apenas neste ano.

São 5 novos focos identificados no novo ciclo, sendo um foco no Centro, um no Olaria, um no Centenário e dois no Vila Nova.

Os bairros com focos identificados este ano são: Centro, Viégas, Dona Tereza, Carvalho Bastos, Olaria, Centenário e Vila Nova

Mapa de focos

O departamento, que faz parte da Secretaria da Saúde, divulgou um mapa com os focos localizados em 2022. Confira:

 

Como eliminar o mosquito em casa

Os depósitos preferencias para os ovos são recipientes domiciliares com água parada ou até na parede destes, mesmo quando secos.

Os principais exemplos são pneus, latas, vidros, cacos de garrafa, pratos de vasos, caixas d’água ou outros reservatórios mal tampados, entre outros.

Entre as medidas preventivas que em casa a pessoa pode fazer estão:

– Manter tampada a caixa d’água, assim como tonéis ou latões que estejam expostos à chuva

– Guardar pneus velhos sob abrigos

– Não acumular água em vasos de plantas ou nos pratos onde ficam (cobrir com areia)

Deixar um comentário

MAIS NOTÍCIAS

FACEBOOK

NEWSLETTER

Informe seu e-mail e fique por dentro das nossas novidades!

brechodj areletrica tyskaAline Rosiaknacional gas telefone 2

PREVISÃO TEMPO

HORÓSCOPO

COTAÇÃO AGRÍCOLA

INSTAGRAM

PODCASTS